Saúde mental: por que o equilíbrio emocional é tão importante?

O Setembro Amarelo, campanha que visa conscientizar sobre a prevenção do suicídio, também é uma ótima oportunidade de se falar de saúde mental. Uma boa saúde mental, inclusive, contribui muito para que haja um bom equilíbrio emocional.

É muito importante se falar em saúde mental e equilíbrio emocional, principalmente em tempos de pandemia, onde uma pesquisa do instituto Ipsos, encomendada pelo Fórum Econômico Mundial, indicou que 53% dos brasileiros declararam que seu bem-estar mental piorou um pouco ou muito no último ano.

Isso porque tanto a saúde mental quanto o equilíbrio emocional impactam diretamente no bem-estar das pessoas.

Um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) também mostra que este é um problema antigo do Brasil: em 2017, o Brasil era apontado como o país em que existia a maior prevalência de transtornos de ansiedade nas Américas, com o problema afetando 9,3% da população, o que equivale a 18,6 milhões de pessoas.

Como a saúde mental é uma questão que afeta muitas pessoas, é preciso que ela ganhe mais atenção. Por isso, no #BlogHBit vamos falar sobre a importância de se cuidar da saúde mental e, principalmente, porque o equilíbrio emocional é importante.

O que é equilíbrio emocional?

O equilíbrio emocional diz respeito ao controle que as pessoas possuem dos seus pensamentos e ações. Será esse controle que vai estabelecer o comportamento que cada pessoa tem e, principalmente, a capacidade de lidar com situações adversas, coordenando seus sentimentos e reações.

img

O equilíbrio emocional também é muito importante para o bem-estar pessoal e profissional. Porque é por meio dele que a pessoa consegue lidar melhor quando problemas acontecem. Assim, quem tem um bom equilíbrio emocional sabe se manter calmo e agir de forma tranquila em situações diversas.

Mas por que se falar de cuidado com a saúde mental?

Principalmente porque é através da saúde mental que se consegue melhorar o equilíbrio emocional.

O cuidado com a saúde mental nos traz diversos benefícios, entre eles, o autoconhecimento necessário para que possamos aprimorar nosso equilíbrio emocional, sabendo como reagimos a diversas situações e como podemos aperfeiçoar essa reação.

Além disso, a OMS apresenta um conceito de saúde que é amplo e não se restringe apenas à ausência de enfermidades, mas sim que saúde é “um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não somente ausência de afecções e enfermidades”.

Então, para cuidar da saúde como um todo precisamos nos atentar, também, à saúde mental.

Até porque uma pessoa com problemas na saúde mental passa a desenvolver diversas outras complicações de saúde que vão impactando aos poucos a sua vida pessoal, profissional, das pessoas à sua volta e, inclusive, de toda a sociedade.

Só o estresse e ansiedade afetam o trabalho de diversas maneiras, como, por exemplo, ocasionando muitos erros, trazendo problemas de isolamento, aumentando o absenteísmo e diminuindo a produtividade. Além disso, um relatório da OMS aponta que a ansiedade é a segunda condição mental, depois da depressão, com maior incidência de incapacidade na maioria dos países analisados para o estudo.

E por que o equilíbrio emocional é importante?

O equilíbrio emocional é muito importante para o dia a dia, já que ele é o principal ponto para a forma como agimos e reagimos às situações que acontecem.

Quando se tem um bom equilíbrio emocional é possível tomar as melhores decisões, sem perder a razão ou se desesperar.

Quando se age da melhor maneira do momento e, principalmente, se conhece para saber como você pode agir e/ou reagir e passa a aprimorar os pontos de atenção, a pessoa passa a melhorar os seus relacionamentos, deixando-os mais saudáveis.

Isso vale tanto para relacionamentos familiares, de amigos, amorosos e, inclusive, de trabalho. Quanto mais as pessoas da empresa melhoram seu equilíbrio emocional, melhor é o ambiente e o bem-estar da organização.

img

E, como o equilíbrio emocional pode ser melhorado com o cuidado da saúde mental, é indispensável se atentar a ela.

Já falamos no #BlogHBit sobre a importância de se fazer um acompanhamento da saúde mental do colaborador, pois um profissional que já tenha algum transtorno mental pode ter o quadro piorado quando está em um ambiente de trabalho tóxico ou apenas sob pressão de prazos, o que é comum em muitas empresas.

Essa piora no quadro da saúde mental pode resultar na síndrome de burnout, um distúrbio psíquico de caráter depressivo, precedido de esgotamento físico e mental intenso e que também pode levar ao suicídio.

Além de alertar sobre a prevenção do suicídio, a campanha Setembro Amarelo pode ajudar no cuidado com a saúde mental e, assim, com o equilíbrio emocional.

Para te ajudar neste ponto, desenvolvemos um vídeo informativo sobre o Setembro Amarelo e a prevenção do suicídio para ser transmitidos em televisões e enviado aos colaboradores. Para fazer o download do vídeo completo, cadastre-se aqui http://healthbit.paginas.digital/video-setembro-amarelo